Quarta-feira, 17 de Agosto de 2005

Centro Cultural de Angra do Heroísmo

Enquadro-me neste espaço novo, onde a vida se sente na mistura dos materiais e das cores. Cá para nós, não me importava nada que a sala de multimédia fosse a nossa casa e nem sequer precisava levantar paredes para dividir sala, quarto, etc. Apenas um espaço aberto à luz, com a vantagem de ouvir os "concertos íntimos" sem sair de casa ou saindo.
Tenho conseguido manter afastados os pronúncios da desavença. De inicio mais difícil, agora quase com total indiferença.
O Miguel está feliz, principalmente pela realização profissional o que torna o amor ainda mais forte. Sem dúvida, a libertação, a possibilidade de se poder criar e transmitir, torna-nos ainda mais felizes. A nossa relação fortaleceu, é muito bom... e falto ainda eu.
Espero um pouco mais, a minha ida em Setembro está a condicionar-me um bocado. Mas parece-me que tem de ser um passo de cada vez.
Já andamos a procurar casa. As rendas são muito caras. Mas acreditamos que vai aparecer, aquela tal para nós.
Quanto ao resto, são de facto ovelhas negras perigosas, o melhor a fazer é andar fora de casa o mais possível, e isso não é nada difícil.
Beijos só dou a pessoas doces. Beijos.
publicado por Lucidez MSA às 15:20
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 19 de Agosto de 2005 às 01:42
Fico contente por te ver por cá :) Agora estamos bem pertinho. BeijinhosBlueyes41
(http://silvarosamaria.blogs.sapo.pt)
(mailto:rosasilva@vodafone.pt)
De Anónimo a 18 de Agosto de 2005 às 13:12
Não me canso por esperar...e sempre olhando o amor que cresce. LY.M
(http://www.portodaspipas.blogs.sapo.pt)
(mailto:porto_das_pipas@hotmail.com)
De Anónimo a 17 de Agosto de 2005 às 16:48
É bom saber que o Miguel está mais feliz e o vosso amor fortalecido (apesar de saber que nunca esteve enfraquecido). Sei que estarás também mais feliz. A casa logo virá, tudo a seu tempo e sem atropelos. Nada melhor que o recato. A melhor de todas as Ilhas é a do Amor e o melhor de todos os espaços é a partilha que esse amor proporciona. Sei-vos confiantes. Nós aqui na "nossa ilha" também estamos e, acima de tudo, apostamos em vocês.
Estamos aqui para o que der e vier e, no que nos for possivel, fazer "a ponte" entre estes "dois mundos".
Beijos da Família MarcelinoTeresa
</a>
(mailto:teresa_ramalho@hotmail.com)

Comentar post